oliveira-arvore       oliveira-tronco       oliveira-fruto

A Oliveira é conhecida cientificamente como Olea europaea L., família Oleaceae. São árvores baixas de tronco retorcido nativas da parte oriental do Mar Mediterrâneo. De seus frutos, as azeitonas, os homens aprenderam a extrair o azeite, desde o final do período neolítico. Este óleo era empregado como unguento, combustível ou na alimentação, e por todas estas utilidades, tornou-se uma árvore venerada por diversos povos.                  A civilização minoana, que floresceu na Ilha de Creta até 1500 a.C., prosperou com o comércio do azeite de oliva, que eles primeiro aprenderam a cultivar. Já os gregos, que possivelmente herdaram as técnicas de cultivo da oliveira dos Minóicos, associavam a árvore à força e à vida. Conta-se que Atenas,a deusa grega da sabedoria, fez nascer de uma lança a oliveira; os frutos dessa árvore, além de alimentarem o homem, produziriam um óleo para temperar sua comida, fortalecer seu corpo, curar as suas feridas e iluminar sua noite. A oliveira é também citada na Bíblia em várias passagens, tanto a árvore como seus produtos.                   Há de se fazer nota ainda sobre a longevidade das oliveiras. Estima-se que algumas das oliveiras presentes na Palestina nos dias atuais devam ter mais de 2500 anos de idade.Desta árvore obtemos o azeite, a azeitona e as folhas.O azeite é um dos melhores hidratantes para a pele. Pesquisas mostram suas propriedades anticancerígenas com resultados muito positivos. Na antiga Grécia as pessoas se banhavam em azeite de oliva. Agora sabemos que o Azeite tem 4 tipos diferentes de antioxidantes, que ajudam a proteger a pele contra o câncer e o envelhecimento.  Azeitona tem acido Linoleic, que é um componente da pele e a protege quanto ocorre perda de água. Se há deficiência em acido linoleic na pele, ocorrerá muito mais perda de água, o que provocará câncer de pele. O acido linoleic não é fabricado pelo corpo, então tem que ser aplicado localmente em forma de creme ou loção, ou até mesmo ingerido. O fruto (azeitona) é apreciado mundialmente na alimentação, em diversos pratos, dando sabor, aroma e cor.O chá das Folhas de Oliveira têm sido usado desde os tempos antigos com propósitos medicinais, e novas pesquisas mostram que tem propriedades antibacterianas, antiinflamatórias, antioxidantes, combatem o colesterol, controlam hipertensão e combatem radicais livres.Pesquisas realizadas pela Universidade Metodista de Piracicaba descobriram que os elementos presentes nas folhas de oliveira possuem um alto poder oxidante e ajudam o metabolismo a queimar gordura.As folhas de oliveira possuem 4 vezes mais cobre, fósforo, magnésio, manganês, selênio e zinco, comparado ao chá verde. Ainda são ricas em ácidos graxos ômega 3, 6 e 9 e em vitaminas A, E, B1, B2, B3 e B6.As folhas da árvore de azeitona ajudam na eliminação da gordura abdominal e por isso são recomendadas como auxiliar em regimes de emagrecimento, no entanto é imprescindível uma alimentação saudável e exercícios físicos.Plantas como a oliveira estão há milhares de anos oferecendo ao homem todos os seus benefícios. Basta saber usar com sabedoria e respeito!
A Oliveira é conhecida cientificamente como Olea europaea L., família Oleaceae. São árvores baixas de tronco retorcido nativas da parte oriental do Mar Mediterrâneo. De seus frutos, as azeitonas, os homens aprenderam a extrair o azeite, desde o final do período neolítico. Este óleo era empregado como unguento, combustível ou na alimentação, e por todas estas utilidades, tornou-se uma árvore venerada por diversos povos. 
      
A civilização minoana, que floresceu na Ilha de Creta até 1500 a.C., prosperou com o comércio do azeite de oliva, que eles primeiro aprenderam a cultivar. Já os gregos, que possivelmente herdaram as técnicas de cultivo da oliveira dos Minóicos, associavam a árvore à força e à vida. Conta-se que Atenas,a deusa grega da sabedoria, fez nascer de uma lança a oliveira; os frutos dessa árvore, além de alimentarem o homem, produziriam um óleo para temperar sua comida, fortalecer seu corpo, curar as suas feridas e iluminar sua noite. A oliveira é também citada na Bíblia em várias passagens, tanto a árvore como seus produtos. 
Há de se fazer nota ainda sobre a longevidade das oliveiras. Estima-se que algumas das oliveiras presentes na Palestina nos dias atuais devam ter mais de 2500 anos de idade.
      
Desta árvore obtemos o azeite, a azeitona e as folhas.
O azeite é um dos melhores hidratantes para a pele. Pesquisas mostram suas propriedades anticancerígenas com resultados muito positivos. Na antiga Grécia as pessoas se banhavam em azeite de oliva. Agora sabemos que o Azeite tem 4 tipos diferentes de antioxidantes, que ajudam a proteger a pele contra o câncer e o envelhecimento.  A azeitona tem acido Linoleic, que é um componente da pele e a protege quando ocorre perda de água. Se há deficiência em acido linoleic na pele, ocorrerá muito mais perda de água, o que provocará câncer de pele. O acido linoleic não é fabricado pelo corpo, então tem que ser aplicado localmente em forma de creme ou loção, ou até mesmo ingerido. 
O fruto (azeitona) é apreciado mundialmente na alimentação, em diversos pratos, dando sabor, aroma e cor.
O chá das Folhas de Oliveira têm sido usado desde os tempos antigos com propósitos medicinais, e novas pesquisas mostram que tem propriedades antibacterianas, antiinflamatórias, antioxidantes, combatem o colesterol, controlam hipertensão e combatem radicais livres (anti-envelhecimento).
Pesquisas realizadas pela Universidade Metodista de Piracicaba descobriram que os elementos presentes nas folhas de oliveira possuem um alto poder oxidante e ajudam o metabolismo a queimar gordura.
As folhas de oliveira possuem 4 vezes mais cobre, fósforo, magnésio, manganês, selênio e zinco, comparado ao chá verde. Ainda são ricas em ácidos graxos ômega 3, 6 e 9 e em vitaminas A, E, B1, B2, B3 e B6.
As folhas da árvore de azeitona ajudam na eliminação da gordura abdominal e por isso são recomendadas como auxiliar em regimes de emagrecimento, no entanto é imprescindível uma alimentação saudável e exercícios físicos.
Plantas como a oliveira estão há milhares de anos oferecendo ao homem todos os seus benefícios. Basta saber usar com sabedoria e respeito!
Por: Eliza Tomoe Harada


A Oliveira é conhecida cientificamente como Olea europaea L., família Oleaceae. São árvores baixas de tronco retorcido nativas da parte oriental do Mar Mediterrâneo. De seus frutos, as azeitonas, os homens aprenderam a extrair o azeite, desde o final do período neolítico. Este óleo era empregado como unguento, combustível ou na alimentação, e por todas estas utilidades, tornou-se uma árvore venerada por diversos povos.                

A civilização minoana, que floresceu na Ilha de Creta até 1500 a.C., prosperou com o comércio do azeite de oliva, que eles primeiro aprenderam a cultivar. Já os gregos, que possivelmente herdaram as técnicas de cultivo da oliveira dos Minóicos, associavam a árvore à força e à vida.

oliveira athena           oliveira-azeite             oliveira lutas

Conta-se que Atenas, a deusa grega da sabedoria, fez nascer de uma lança a oliveira; os frutos dessa árvore, além de alimentarem o homem, produziriam um óleo para temperar sua comida, fortalecer seu corpo, curar as suas feridas e iluminar sua noite. A oliveira é também citada na Bíblia em várias passagens, tanto a árvore como seus produtos.                  

Há de se fazer nota ainda sobre a longevidade das oliveiras. Estima-se que algumas das oliveiras presentes na Palestina nos dias atuais devam ter mais de 2500 anos de idade.

Desta árvore obtemos o azeite, a azeitona e as folhas. O azeite é um dos melhores hidratantes para a pele. Pesquisas mostram suas propriedades anticancerígenas com resultados muito positivos. Na antiga Grécia as pessoas se banhavam em azeite de oliva. Agora sabemos que o Azeite tem 4 tipos diferentes de antioxidantes, que ajudam a proteger a pele contra o câncer e o envelhecimento.  Azeitona tem acido Linoleic, que é um componente da pele e a protege quando ocorre perda de água. Se há deficiência em acido linoleic na pele, ocorrerá muito mais perda de água, o que provocará câncer de pele. O acido linoleic não é fabricado pelo corpo, então tem que ser aplicado localmente em forma de creme ou loção, ou até mesmo ingerido.

O fruto (azeitona) é apreciado mundialmente na alimentação, em diversos pratos, dando sabor, aroma e cor.

O chá das Folhas de Oliveira têm sido usado desde os tempos antigos com propósitos medicinais, e novas pesquisas mostram que tem propriedades antibacterianas, antiinflamatórias, antioxidantes, combatem o colesterol, controlam hipertensão e combatem radicais livres.

Pesquisas realizadas pela Universidade Metodista de Piracicaba descobriram que os elementos presentes nas folhas de oliveira possuem um alto poder oxidante e ajudam o metabolismo a queimar gordura.

As folhas de oliveira possuem 4 vezes mais cobre, fósforo, magnésio, manganês, selênio e zinco, comparado ao chá verde. Ainda são ricas em ácidos graxos ômega 3, 6 e 9 e em vitaminas A, E, B1, B2, B3 e B6.

oliveira-exercicio        oliveira-nutricao        oliveira-cha instantaneo

As folhas da árvore de azeitona ajudam na eliminação da gordura abdominal e por isso são recomendadas como auxiliar em regimes de emagrecimento, no entanto é imprescindível uma alimentação saudável e exercícios físicos.

Plantas como a oliveira estão há milhares de anos oferecendo ao homem todos os seus benefícios. Basta saber usar com sabedoria e respeito!


Por: Eliza Tomoe Harada