linhaca- plantacao   linhaca- flor   linhaca- semente

O que é a linhaça?

A linhaça é a semente do linho (Linum usitatissimum), muito utilizada em culinária. É usada há mais de 5000 anos e hoje é considerada um alimento funcional devido aos seus conhecidos benefícios para a saúde. Mesmo sendo originária da Ásia, seus benefícios foram difundidos pelo mundo todo, e seu consumo é muito comum na América do Norte e em países europeus. Dela se extrai um óleo de grande valor nutricional e na prevenção de doenças, que é rico em Ômega 3, Ômega 6 e Ômega 9. Além disso, o óleo de linhaça é usado na indústria cosmética e em farmácias de manipulação.

Quais são os benefícios da linhaça?

A linhaça é rica em ácidos graxos essenciais, mais conhecidos como ômega 3 e ômega 6 e Ômega 9. Estes ácidos graxos auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares reduzindo o LDL (colesterol ruim) e impedindo seu acúmulo nas artérias. Na composição da semente de linhaça também estão presentes proteínas, fibras, vitaminas e minerais, que lhe conferem a propriedade de alimento funcional. Por isso, auxilia na prevenção de alguns tipos de câncer; melhora o funcionamento intestinal, contribui para a estabilidade da glicemia em diabéticos, diminui a retenção de líquidos, o que alivia os sintomas do período pré-menstrual e possui propriedades antioxidantes que retardam o envelhecimento celular. Além disso, a linhaça é a maior fonte alimentar de lignanas, um fitoesteróide que "imita" a ação do estrógeno. A lignana é muito importante no período da menopausa, quando as taxas desse hormônio são baixas, sendo ela um importante agente natural na reposição desse hormônio.

Qual a melhor forma para ingerir a semente de linhaça?

A semente de linhaça moída traz mais benefícios nutricionais que a semente inteira, que possui uma casca resistente, difícil de digerir. Portanto, uma forma fácil de quebrar as sementes é passá-las em um processador ou liquidificador. Depois, guarde-as em refrigerador, fora da luz. Desta forma, a utilização será ainda melhor. As sementes podem ser utilizadas em iogurtes, saladas, sucos, vitaminas, misturada à cereais, massas de pães e bolos e em todos os outros alimentos. As sementes também podem substituir o óleo ou gordura utilizada em uma receita. Por exemplo, se uma receita pedir 1/3 xícara (chá) de óleo, use 1 colher (sopa) de semente de linhaça moída, em substituição.

linhaca- oleoExistem diferenças entre a semente de linhaça marrom e a dourada?

Do ponto de vista nutricional, elas são semelhantes pois possuem os mesmos nutrientes. Porém, a linhaça marrom é cultivada em regiões de clima quente e possui uma casca mais resistente. A semente dourada é plantada em regiões frias e seu sabor geralmente é mais suave do que o da marrom.

 

O que é óleo de linhaça?

O óleo de linhaça é extraído da semente inteira, usando métodos de extração a frio, desenvolvidos especialmente para este fim. O produto obtido pode ser comercializado de duas formas: engarrafado, para ser usado em saladas ou pratos frios ou em cápsulas gelatinosas, utilizadas como suplementação de ômega 3. É importante ressaltar que algumas propriedades funcionais da linhaça são encontradas na casca e portanto não estão presentes quando somente o óleo é ingerido.

Qual  quantidade de linhaça deve ser ingerida por dia para se obter seus benefícios?

Ainda não existe um consenso sobre a quantidade ideal de consumo. Na maioria dos estudos existentes, os benefícios foram alcançados com a ingestão média de uma a duas colheres (sopa) de semente de linhaça ao dia.

Qualquer pessoa pode ingerir a farinha de linhaça ou há alguma restrição? Diabéticos e hipertensos podem consumir a semente?

linhaca- caps

Não há restrição. O consumo de linhaça associado à dieta hipocalórica [de baixa caloria] favorece a perda de peso. Com a perda de peso, é possível manter o controle da pressão arterial e da quantidade de açúcar no sangue de pessoas diabéticas. A presença de fibras na linhaça também auxilia no controle do açúcar no sangue de pessoas diabéticas. 


Por: Eliza Tomoe Harada