Cravo da Índia

Cravo da Índia

Tags:  Cravo da Índia cravo Eugenia caryophyllata anti-séptico bucal vômito náuseas tônico digestivo gripe resfriado carminativa analgésico anestésico mau hálito

  

 

Opções de compra de Cravo da Índia

  Qtd. Descrição Preço  
Cravo da Índia 40g Cravo da Índia 40g
Condimento
R$ 10,20  
Cravo da Índia 30g Cravo da Índia 30g
Chá Fracionado
R$ 5,99  



Nome científico: Eugenia caryophyllata

Família: Myrtaceae

Sinônimos: Cravo, cravinho, cravo aromático, cravo cheiroso, cravo da terra, cravo girofe, girofleiro

Partes utilizadas: Botões florais

Classificação: Especiaria

Utilização na culinária:

O cravo da índia é uma especiaria pungente de sabor frutado, porém ardido, picante e amargo, que deixa uma sensação de dormência na boca. Tem o aroma assertivo e vivo, com notas de pimenta e cânfora. Seu uso deve ser moderado, pois se sobrepõe às outras especiarias. As partes utilizadas são os botões florais desidratados, inteiros ou moídos.

Na Europa, o cravo é usado para aromatizar conservas e bebidas. Na França, é usado um cravo na cebola para temperar um cozido, um caldo ou um molho. Os holandeses o usam de forma liberal em queijos e os ingleses de forma abundante em tortas de maçã. Na Alemanha, são usados em pãe condimentados e, na América, no pernil coberto com açúcar demerara. No Oriente Médio e no norte da África, o cravo geralmente é misturado com cardamomo e canela, para ser usado como aromatizador de pratos com carne ou arroz. Na Ásia, ele é usado no pó de curry. Na Indonésia, é misturado com tabaco para a fabricação do cigarro kretek.

Existem pratos onde sua presença é essencial, como o garam masala (Índia), o pó de cinco especiarias (China) e o quatre épices (França).

Fica bom com doces e salgados, sendo presente em bolos, pães, sobremesas, caldas e compotas em quase todo lugar. Ele pode ser usado com maçã, beterraba, repolho roxo, cenoura, chocolate, pernil, cebola, laranja, carne de porco, abóbora e batata doce.

Pode ser utilizado junto de outros condimentos como pimenta da jamaica, louro, cardamomo, canela, pimenta malagueta, semente de coentro, folhas de curry, funcho, gengibre, macis, noz moscada e tamarindo.

Utilização da fitoterapia:

O cravo possui ação anti cárie, anestésica, antifungica, antiséptica odontológica e ajuda a acabar com o mau hálito. Ele é digestivo, antidiarréico, carminativo e anti-emético. Também pode ser utilizado para gripes e resfriados. Por ter ação analgésica, seu chá pode ajudar a sanar as dores no corpo provocadas pela gripe.

História:

Nativo das Moluscas, ilhas vulcânicas da Indonésia, o cravo vem de uma árvore sempre verde tropical, com folhas perfumadas. As flores raramente desabrocham, pois a especiaria que utilizamos é justamente os botões das flores. Os cravos chegaram na Europa nos tempos romanos, passando por Alexandria. As Ilhas das Especiarias foram conquistadas pelos portugueses e, então, pelos holandeses, que mantiveram o monopólio até 1772, quando um oficial francês contrabandeou mudas para a França. Atualmente, os maiores exportadores de cravo da índia são Madasgacar, Zanzibar e Pemba (Tanzânia).

Modo de preparo (chá):

Adicionar 1 colher de chá (5g) da erva em um recipiente com 1 xícara (250ml) de água fria, tampar, levar para ferver por aproximadamente 2 minutos e coar. Então, estará pronto para ser consumido. 

Contraindicação: Grávidas de até 3 meses e lactantes devem evitar consumir o chá em excesso.


Tags:

Cravo da Índia, cravo, Eugenia caryophyllata, anti-séptico bucal, vômito, náuseas, tônico digestivo, gripe, resfriado, carminativa, analgésico, anestésico, mau hálito

Em breve

Formas de Pagamento

Facebook



Nossos Dados

KAMPO DE ERVAS INDUSTRIA E COMÉRCIO LTDA - ME

CNPJ: 08.898.383/0001-79

R. Otto Benz, 544 - Nova Ribeirânia - Ribeirão Preto - São Paulo

Horário: Seg. à Sex. 8h às 18h - Sáb 8h às 12h

Carrinho