Listando Condimento pelos mais vendidos, clique aqui para ordenar por ordem alfabética.

Saiba mais sobre ervas aromáticas, especiarias e condimentos.

Condimento é a substância (erva, legume, especiaria, sal, pimenta etc.) que é acrescentada a um alimento (antes, durante ou após o seu preparo ou na sua degustação), para emprestar-lhe sabor, aroma ou realçar o seu paladar.

Algumas especiarias também eram, e ainda são, utilizadas na fabricação de cosméticos, óleos e medicamentos. As principais são: pimenta, gengibre, cravo, canela, noz moscada, açafrão, cardamomo e ervas aromáticas.

Dados históricos das especiarias e condimentos.

Na época das Grandes Navegações e Descobrimentos Marítimos (séculos XV e XVI) eram muito valorizadas na Europa, pois não podiam ser cultivadas neste continente em função do clima. O surgimento e crescimento da burguesia também aumentou a demanda por produtos considerados de luxo na época, como, por exemplo,  as especiarias.

No século XV, os comerciantes de Gênova e Veneza, cidades italianas, tinham o monopólio destas especiarias. Compravam no Oriente, principalmente na Índia e China, e vendiam com alta porcentagem de lucro no mercado europeu. Estas especiarias eram levadas para Europa através da rota do Mar Mediterrâneo, dominada pelos comerciantes italianos.

No século XVI, os portugueses descobriram uma rota alternativa para chegar ao oriente, através da navegação pela costa africana. Passaram a comprar as especiarias diretamente na fonte e tiraram o monopólio dos italianos. As caravelas portuguesas chegavam à Europa carregadas de especiarias, que eram vendidas com alta taxa de lucro. Portugal se tornou uma potência econômica da época.

Benefícios das ervas aromáticas, especiarias e condimentos.

A utilização dos condimentos é muito variável, ou seja, vão ao encontro dos hábitos e tradições das regiões.

A princípio, o sal-de-cozinha e as ervas e especiarias foram utilizadas para conservar os alimentos.

Muitos desses condimentos possuem efeitos terapêuticos, além de acrescentar aromas e sabores aos alimentos.

"Que seu alimento seja seu remédio, que seu remédio seja o seu alimento" (Hipócrates - Pai da Medicina - 460 a.C.)